Pesquisar neste blog

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Número recorde de materiais coletados no São Bento Sempre Limpa

Número recorde de materiais coletados no São Bento Sempre Limpa

DATA DE INCLUSÃO: 11/12/2017 14:55
O Programa São Bento Sempre Limpa encerrou neste mês com chave de ouro. A edição deste ano registrou um número recorde de materiais inservíveis coletados. Foram 144,1 toneladas de itens que, em sua maioria, seriam destinados incorretamente no meio ambiente. 
Segundo o coordenador da Defesa Civil, Amarildo de Jesus, o programa contou com 12 edições e o resultado positivo foi fruto do empenho das equipes. “No dia da ação, as equipes percorriam as ruas dos bairros marcados para recolher os itens deixados pelos moradores em frente às casas. Mas o trabalho não parava por aí.
Após o recolhimento, eles realizaram a separação e a destinação correta para cada material”, destacou.
Amarildo comenta ainda que, neste ano, o programa contou com uma novidade, a qual contribuiu para o resultado. “Neste ano, as localidades mais populosas como Serra Alta, Vila Pilz, Sertãozinho, Brasília, Centenário, Vila São Paulo, Bela Aliança, Cruzeiro, Oxford e Ponte dos Vieiras receberam duas edições do programa”, disse. 
Além destas, o programa contemplou ainda os bairros Rio Vermelho Estação, Rio Vermelho Povoado, Rio Natal, Ano Bom, Centro, Progresso, Lençol, Alpino, 25 de Julho, Schramm, Fundão, Mato Preto, Dona Francisca, Boehmerwald, Rio Negro e Colonial. 
O programa conta com o apoio e realização de: Defesa Civil, Samae, Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, Secretaria de Obras, Cooperativa dos Catadores de Material Reciclável, SBS Reciclagem Eletrônica e Transresíduos.
Coletas - Na edição realizada em abril, nas localidades de Rio Vermelho Estação, Rio Vermelho Povoado, Rio Natal e Ano Bom foram recolhidas 14 toneladas de materiais. Nos bairros Brasília, Centenário, Vila São Paulo e Bela Aliança (abril) 11 toneladas; Serra Alta, Vila Pilz e Sertãozinho (maio) 13,7 toneladas; Cruzeiro, Oxford e Ponte dos Vieiras (maio) 12 toneladas; Centro e Progresso (junho) 12,3 toneladas; Lençol e Alpino (julho) 13 toneladas; 25 de Julho e Schramm (julho) 14 toneladas; Mato Preto, Fundão e Dona Francisca (agosto) 12 toneladas; Rio Negro, Colonial e Bohemerwald (setembro) 10 toneladas; Brasília, Centenário, Vila São Paulo e Bela Aliança (outubro) 7 toneladas; Serra Alta, Vila Pilz e Sertãozinho (novembro) 9,1 toneladas; e Cruzeiro, Oxford e Ponte dos Vieiras (dezembro) 16 toneladas.
Viviane de Vargas Miranda
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Cruzeiro, Oxford e Ponte dos Vieiras recebem a última edição do São Bento Sempre Limpa

Cruzeiro, Oxford e Ponte dos Vieiras recebem a última edição do São Bento Sempre Limpa

DATA DE INCLUSÃO: 29/11/2017 09:42
Neste sábado (2), das 8 às 13 horas, ocorre a última edição do ano do Programa São Bento Sempre Limpa. Os bairros contemplados serão Cruzeiro, Oxford e a localidade de Ponte dos Vieiras. Moradores que possuem materiais inservíveis poderão deixar os itens em frente às residências e comércios, que equipes percorrerão os locais para o recolhimento. 
Entre os materiais recolhidos durante a ação estão: madeira, ferro, vidro, alumínio, metal, cobre, bronze, óleo de cozinha, garrafas, papel, papelões, isopor, latas e plásticos. Quem preferir deixar os itens no ponto de concentração, este será instalado na Estrada Cruzeiro – primeira entrada à direita após o Supermercado Novo Dia. 
Edições - Neste ano, 12 edições do Programa São Bento Sempre Limpa foram realizadas, contemplando as localidades do Rio Vermelho Estação, Rio Vermelho Povoado, Rio Natal, Ano Bom, Brasília, Centenário, Vila São Paulo, Bela Aliança, Serra Alta, Vila Pilz, Sertãozinho, Cruzeiro, Oxford, Ponte dos Vieiras, Centro, Progresso, Lençol, Alpino, 25 de Julho, Schramm, Fundão, Mato Preto, Dona Francisca, Boehmerwald, Rio Negro e Colonial.
Os bairros mais populosos receberam duas edições do programa no ano. Até o momento, foram recolhidas 128 toneladas de materiais inservíveis. 
O programa conta com o apoio e realização de: Defesa Civil, Samae, Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, Secretaria de Obras, Cooperativa dos Catadores de Material Reciclável, SBS Reciclagem Eletrônica e Transresíduos.
Viviane de Vargas Miranda
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Lixo é a principal causa de entupimento da rede de esgoto

Lixo é a principal causa de entupimento da rede de esgoto

DATA DE INCLUSÃO: 14/11/2017 16:11
O Samae tem registrado um aumento no número de ligações à autarquia, relatando o entupimento da rede de esgoto. Quando isso ocorre, uma equipe se dirige ao local com o caminhão de hidrojateamento para solucionar o problema. Mas, quando o serviço inicia é constatado que o entupimento, na maioria das vezes, é ocasionado por material impróprio depositado na rede pelos próprios moradores. 
Segundo o diretor presidente do Samae, Fridolino Van Den Boom, os principais vilões dos entupimentos de tubulações e extravasamentos de esgoto são lixo, óleo de cozinha e água de chuva. “Estes materiais não devem ser descartados na rede coletora. Quando são, causam entupimentos e rompimentos de rede, provocando o retorno do esgoto para dentro dos imóveis ou extravasamentos nas ruas”, disse. 
Um dos casos registrados com maior frequência pela autarquia está no fato de moradores jogarem lixo comum na rede coletora de esgoto e materiais como cigarros, plásticos, cabelo, fraldas, absorventes e preservativos nos vasos sanitários. “Os maiores problemas de operação do sistema de esgoto são provocados pelas pessoas que deixam entrar na tubulação coisas que nunca deveriam estar lá”, comenta Fridolino. 
Para o bom funcionamento da rede de esgoto, a orientação é para que cada imóvel tenha sua caixa de gordura e que os responsáveis façam manutenção e limpeza periódica para evitar transtornos. 
O Samae solicita a conscientização da população. “Recebemos denúncia de moradores que viram vizinhos levantando a tampa de ferro dos poços de visita para jogarem lixo dentro da rede coletora. Para isso, temos a coleta convencional e a seletiva”, lamenta Fridolino. 
Os horários das coletas realizadas pela Transresíduos são: 
Coleta convencional
Segundas, quartas e sextas-feiras nos bairros Alpino, Lençol, Schramm, 25 de Julho, Rio Negro, Colonial, Boehmerwald, Rio Vermelho Povoado, Rio Vermelho Estação, Centro, Cruzeiro e Oxford.
Terças e quintas-feiras e sábados: Serra Alta, Mato Preto, Dona Francisca, Industrial Sudoeste, Brasília, Bela Aliança, Centro, Progresso e Centenário.
Coleta seletiva  
Segundas-feiras: Rio Vermelho Povoado, Rio Vermelho Estação, Centro e Brasília.
Terças-feiras: Boehmerwald, Oxford, Cruzeiro, Alpino e Lençol (até a Rua Castelo Branco).
Quartas-feiras: Mato Preto, Dona Francisca, Bela Aliança, Centenário e Progresso.
Quintas-feiras: Colonial, 25 de Julho e Schramm.
“Caso a equipe da Transresíduos não passe no local, pedimos que as pessoas liguem para o Samae, pois a autarquia faz o controle dos atendimentos. O número do telefone é o 3631-3900”, comenta Fridolino. 
Ações preventivas 
O Samae realiza, periodicamente, vistorias nas redes coletoras de esgoto. Em caso de entupimento, o material é retirado e, com o caminhão hidrojateador, injetam água com pressão para limpar e desobstruir o local e impedir que o esgoto transborde na rua ou até mesmo retorne para dentro dos imóveis.
Além disso, a equipe vistoria imóveis para identificar onde o esgoto está sendo lançado e se não há irregularidade na ligação.
Fique atento  
Deve ir para a rede de esgoto: água de banho e descarga; água de lavatórios, como pia de cozinha, banheiro, tanque; ralos de escoamento de banheiros, cozinha, área de serviço; água de máquinas de lavar roupas e louças; água utilizada por quaisquer outros equipamentos geradores de esgotos domésticos.
Não deve ir para a rede de esgoto: água da chuva (água canalizada das calhas); papeis e panos; restos de comida; óleo de cozinha; cigarros; plásticos; cabelo; fraldas, absorventes e preservativos; outros objetos que possam entupir o encanamento.

Viviane de Vargas Miranda
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Edição do São Bento Sempre Limpa é transferida para 18 de novembro

Edição do São Bento Sempre Limpa é transferida para 18 de novembro

DATA DE INCLUSÃO: 06/11/2017 15:06
A edição do Programa São Bento Sempre Limpa programada para este sábado (11), nos bairros Serra Alta, Vila Pilz e Sertãozinho, foi transferida para o dia 18 de novembro. A ação ocorrerá das 8 às 13 horas.
Neste dia, equipes percorrerão residências e comércios para o recolhimento de materiais como madeira, ferro, vidro, alumínio, metal, cobre, bronze, óleo de cozinha, garrafas, papéis, papelão, isopor, latas e plásticos. Os itens são destinados à coleta seletiva.
Viviane de Vargas Miranda
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Quanto custa o lixo coletado em frente à sua casa


Taxa de Lixo 2017
Passagens
2017 parc
Total 2017
15% Agrup.
20% A Vista
1R$ 5,66R$ 67,91R$ 4,81R$ 54,33
2R$ 11,31R$ 135,66R$ 9,61R$ 108,53
3R$ 16,92R$ 203,08R$ 14,38R$ 162,46
4R$ 22,62R$ 271,48R$ 19,23R$ 217,18
5 ou maisR$ 30,21R$ 362,55R$ 25,68R$ 290,04
Reajuste de  7,17% cfe. IGP-M
ENTENDA A(s) TABELA(s):

"Passagens" , na tabela, são o número de vezes por semana que a coleta convencional passa em frente à residência, conforme o Bairro. 
"parc", na tabela, é o preço mensal, de acordo com a quantidade de vezes por semana que a coleta convencional passa em frente à residência, conforme o Bairro.
"Total", na tabela, é o preço anual, de acordo com a quantidade de vezes por semana que a coleta convencional passa em frente à residência, conforme o Bairro.
"15% Agrup", na tabela, é preço mensal, calculado com desconto de 15% concedido para quem opta por recolher a Taxa de Coleta de Lixo junto da Fatura de Água.

"20% a vista", na tabela, é o preço anual para quem opta por recolher a Taxa de Coleta de Lixo em parcela única.


Legislação: 
Decreto 1.150/2016 - Atualiza valores da Taxa de Coleta de Lixo
Lei 2.952/2011 - Altera Lei nº 140/1997 e dá outras providências
Lei 140/1997, art. 260 - a Taxa de Coleta de Lixo no Código Tributário do Município


Anos anteriores:
Taxa de Lixo 2016
Passagens
2016 parc
Total 2016
15% Agrup.
20% A Vista
1R$ 5,28R$ 63,37R$ 4,49R$ 50,70
2R$ 10,55R$ 126,58R$ 8,97R$ 101,26
3R$ 15,79R$ 189,49R$ 13,42R$ 151,59
4R$ 21,11R$ 253,32R$ 17,94R$ 202,66
5 ou maisR$ 28,19R$ 338,29R$ 23,96R$ 270,63
Reajuste de 10,54% cfe. IGP-M
Passagens2015 parcTotal 201515% Agrup.20% A Vista
1R$ 4,78R$ 57,33R$ 4,06R$ 45,86
2R$ 9,54R$ 114,51R$ 8,11R$ 91,61
3R$ 14,28R$ 171,42R$ 12,14R$ 137,14
4R$ 19,10R$ 229,17R$ 16,23R$ 183,34
5 ou maisR$ 25,50R$ 306,03R$ 21,68R$ 244,82
Reajuste de 3,69% cfe. IGP-M
Tabelas: copiadas do site do SAMAE São Bento do Sul: http://www.samaesbs.sc.gov.br

Legislação: https://leismunicipais.com.br

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

SAMAE - Gastos Com Coleta e Transbordo de Resíduos Sólidos - Jan2016 à Out2017


 R$ 4,1 milhões da arrecadação da Taxa de Limpeza Pública devem ser gastos com a Coleta e Transbordo de Resíduos Sólidos neste ano de 2017. 

A arrecadação da taxa será de aproximadamente R$ 5,00 milhões. Confira clicando aqui .








(Clicar nas imagens para ampliar)


SAMAE - Receita com Taxa de Limpeza Pública - Jan/2015 à Out/2017

A arrecadação da Taxa de Limpeza Pública deve chegar a R$ 5,00 milhões este ano.

Deste valor, R$ 4,1 milhões devem ser gastos com a Coleta e Transbordo de Resíduos Sólidos. 
Confira: aqui .







(Clicar nas imagens para ampliar)



Mais trabalho e renda para os cooperados - A Gazeta


















quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Premiação aos 10 finalistas de concurso

Premiação aos 10 finalistas de concurso

DATA DE INCLUSÃO: 11/10/2017 15:54
O Samae realizou nesta quarta-feira (11), no auditório da autarquia, a cerimônia de premiação aos 10 finalistas do 1º Concurso Cultural de Criação de Brinquedos com Material Reciclável. 
Com o tema: “Reciclar e Brincar”, o concurso contou com a participação de 87 crianças de 6 a 14 anos. O concurso iniciou em setembro, quando os interessados puderem se inscrever, apresentando um brinquedo confeccionado por eles e utilizando materiais recicláveis. 
Os 10 participantes que tiveram seus brinquedos mais votados pelo público, através do site da autarquia, ganharam certificado e medalha. E os três primeiros lugares receberam uma bicicleta de acordo com a idade de cada um, oferecidas pelo Samae, e vale livros no valor de R$ 50, patrocínio da Livraria São Bento.
Premiados - Com 367 votos, o brinquedo de Luigi Poltronieri ficou em primeiro lugar, seguido de Eduardo Felipe Padilha, com 256 votos, e Matheus Dornel de Souza, com 169 votos. 
Os demais finalistas foram: Francisco Flavio dos Santos Zoellner (162 votos), Estevão Pykocz Telma (148), Otavio Reese (145), Matheus da Silva (125), Vinicius Hübl da Silva (116), Pyetro Cabral Mortari (87) e Camila Jaroszevski (84 votos). 
“Foram 2.247 votos. O que nos surpreendeu. Isso demonstra o envolvimento de muitas pessoas. Parabéns a todos que participaram e o nosso objetivo foi alcançado, que foi o de mostrar que nem tudo é lixo. Muita coisa pode ser reaproveitada”, disse o idealizador do concurso e chefe do setor de resíduos sólidos urbanos, Paulo Schwirkowski.
A secretária de Educação, Rosemari Strack Cândido, também prestigiou o evento e destacou a importância da parceria entre o Samae e Educação para promover ações em prol do meio ambiente. “Quando pensamos na riqueza que o nosso país tem, mas ao mesmo tempo temos tantas pessoas que passam fome, não tem água. Precisamos cuidar do nosso meio ambiente. Preservar”, comentou: “Como me sinto orgulhosa em poder participar dessa ação e ver tantos trabalhos lindos. Parabéns”, completou.
O vice-prefeito, Márcio Dreveck, parabenizou aos participantes, aos pais pelo apoio aos seus filhos e à equipe do Samae pela importância do concurso. “O Samae intensificou muito o trabalho em cima da reciclagem. Temos um ecoponto instalado na Avenida dos Imigrantes para receber os materiais recicláveis e um projeto para instalar mais alguns pelos bairros do município. Isso é muito importante, pois incentivamos a população a reciclar, a não descartar os materiais em locais impróprios. Por isso, agradeço a equipe e parabenizo a todos que abraçaram este concurso”, destacou.







Viviane de Vargas Miranda
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Plano Intermunicipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos é assinado

Plano Intermunicipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos é assinado


DATA DE INCLUSÃO: 06/10/2017 15:38
Na quinta-feira (5), durante a reunião do Conselho de Desenvolvimento Regional de Joinville e Jaraguá do Sul, no auditório da Associação Empresarial de Guaramirim (Aciag), foi assinada a liberação dos recursos para a elaboração do Plano Intermunicipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS). O prefeito Magno Bollmann e o diretor  presidente do Samae, Fridolino Van Den Boom, participaram do ato.
O investimento vai atender a demanda dos Municípios da Região da Amunesc e é  celebrado por meio de termo de colaboração assinado entre o Governo do Estado por meio da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Joinville e a Associação de Municípios do Nordeste de Santa Catarina (Amunesc). 
Serão contemplados com os planos municipais as cidades de Joinville, Garuva, Rio Negrinho, São Francisco do Sul, Itapoá, Balneário Barra do Sul, Araquari, Campo Alegre e São Bento do Sul. O investimento de R$ 460 mil atende a Política Nacional de Resíduos Sólidos. A empresa vencedora da licitação é a Premier Engenharia e Consultoria Ltda Me.
No encontro, os prefeitos e representantes dos municípios debateram a destinação dos resíduos de origem domiciliar, industrial, hospitalar, construção civil, mineração e de comércios e serviços. 
A discussão conjunta passa por ampliação ou criação de novos aterros sanitários e industriais, a implementação dos planos municipais – prazo encerra em julho de 2018 – coleta seletiva e política reversa com a educação ambiental às pessoas. A palestra foi da engenheira química Ana Luisa Rizzatti da Costa.

Fonte: Imprensa ADR Joinville
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Um local para descartar entulhos

Um local para descartar entulhos

DATA DE INCLUSÃO: 27/09/2017 13:33

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto – Samae está adaptando um espaço para receber diversos itens como entulhos de construção, podas de árvores e materiais inservíveis para a destinação correta. 
Denominado como Local de Entrega Voluntária – LEV, o espaço, localizado na Rua Ladislau Jelinsky, no bairro Brasília, abrigará contêineres que estarão à disposição da população para o descarte gratuito de materiais. Além dos contêineres, o local contará ainda com um ecoponto. 
“O LEV faz parte do Programa Destino Certo e tem como objetivo complementar o Programa São Bento Sempre Limpa, evitar o envio de materiais para o aterro e o abandono deste em locais inadequados e permite o recebimento de todo tipo de material, mesmo volumoso”, conta o diretor presidente do Samae, Fridolino Van Den Boom.
Os materiais que serão recebidos no LEV são: eletrodomésticos de grande porte, sofás e colchões, entulho de construção, madeira, podas de árvores, vidro, papelão, papel, reciclável misto, pneus, roupas usadas/doadas, eletroeletrônicos, óleo de cozinha, pilhas e baterias e rejeitos gerados no PEV. “Os materiais deverão ser entregues no local pela população e o Samae ficará responsável pela destinação correta. Inclusive, estamos estudando formas para reaproveitamento de alguns itens recebidos, como os entulhos de construção”, comentou Fridolino. 
O projeto foi uma indicação do vereador e analista de saneamento do Samae, Marco Rodrigo Redlich. “É necessário que o poder público desenvolva essas novas formas de recebimento de resíduos para aumentarmos a destinação correta não somente dos reciclados comuns, mas desses materiais que, muitas vezes, são descartados de forma incorreta em terrenos baldios e até mesmo em rios de nossa cidade”, disse Marco. 

Viviane de Vargas Miranda
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Concurso Reciclar e Brincar está com votação aberta

Concurso Reciclar e Brincar está com votação aberta

DATA DE INCLUSÃO: 25/09/2017 16:11
A população está convidada a participar da votação que escolherá o brinquedo com maior destaque produzido por crianças e adolescentes no Concurso “Reciclar e Brincar”. Promovido pelo Samae, o concurso contou com 86 brinquedos inscritos. Todos utilizando materiais recicláveis. 
Para votar é necessário acessar o site do Samae (www.samaesbs.sc.gov.br). Já na página principal, basta clicar no link com o nome Concurso Cultural. Nele, fotografias dos brinquedos inscritos e o nome dos participantes poderão ser visualizados. Então, é só  escolher o brinquedo, clicar na palavra “Votar”, digitar o CPF e confirmar. 
É permitido apenas um voto por usuário. “A votação segue até o dia 5 de outubro e no dia 9 de outubro divulgaremos os vencedores”, conta o diretor presidente do Samae, Fridolino Van Den Boom.
Prêmios - A premiação será feita para os dez primeiros classificados (1° ao 10º lugar).
1º ao 3º lugar: Bicicleta (de acordo com a idade de cada finalista) + Vale livros no valor de R$ 50.
4º ao 10º lugar: Certificado de participação + medalha.
Os prêmios serão fornecidos pelo Samae e o vale livros é um patrocínio da Livraria São Bento.
A cerimônia de premiação será realizada no dia 11 de outubro de 2017, às 14 horas, no auditório do Samae, em comemoração ao Dia da Criança (12 de outubro). Os brinquedos serão doados, após a premiação, à entidade escolar definida pelo Samae.
O concurso – Participaram do Concurso “Reciclar e Brincar”, crianças e adolescentes de 6 a 14 anos que desenvolveram brinquedos com materiais recicláveis. “Nosso objetivo foi incentivar as pessoas sobre a importância do reaproveitamento de materiais recicláveis”, disse Fridolino. 
Viviane de Vargas Miranda
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154