Pesquisar neste blog

terça-feira, 15 de maio de 2018

São Bento Sempre Limpa nos bairros Cruzeiro, Oxford e Ponte dos Vieiras

São Bento Sempre Limpa nos bairros Cruzeiro, Oxford e Ponte dos Vieiras

DATA DE INCLUSÃO: 15/05/2018 11:07
Os bairros Cruzeiro, Oxford e Ponte dos Vieiras recebem neste sábado (19), o Programa São Bento Sempre Limpa. Das 8 às 13 horas, equipes percorrerão os locais para coleta de materiais como ferro, vidro, alumínio, óleo de cozinha, garrafas, papelão, isopor, latas e plásticos. 
Para participar da ação os moradores devem deixar os materiais em frente às residências e comércios. Quem preferir levar os itens para descarte no ponto de concentração, este estará montado na Estrada Cruzeiro – primeira entrada à direita após o Supermercado Novo Dia. Materiais de construção, lâmpadas e pilhas não serão recolhidos. 
Programe-se - O cronograma do Programa São Bento Sempre Limpa terá edições também no Centro e no Progresso, dia 16 de junho. Já no dia 7 de julho é a vez do Lençol e Alpino. Fundão, Mato Preto e Dona Francisca são os bairros contemplados no dia 18 de agosto.
No dia 15 de setembro o programa chega aos bairros Boehmerwald, Rio Negro e Colonial. No dia 20 de outubro nos bairros 25 de Julho e Schramm. E, no dia 10 de novembro, nos bairros Serra Alta, Vila Pilz e Sertãozinho.
O programa conta com o apoio e realização de: Defesa Civil, Samae, Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, Secretaria de Obras, Cooperativa dos Catadores de Material Reciclável e Transresíduos.
Viviane de Vargas Miranda
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul      
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154

quarta-feira, 2 de maio de 2018

ECO PONTO - boa adesão no Centro

O Diretor de Resíduos Sólidos do Samae nos mandou fotos dos materiais do EcoPonto no Centro.
Comemoramos a adesão da comunidade.






segunda-feira, 30 de abril de 2018

04/2018 - PRODUÇÃO/VENDA DA COOPERATIVA


Ecopontos são entregues à comunidade com parcerias da Condor e Oxford

Ecopontos são entregues à comunidade com parcerias da Condor e Oxford

DATA DE INCLUSÃO: 27/04/2018 10:50
O dia 26 de abril foi um marco para as ações de meio ambiente no município de São Bento do Sul. Em dois eventos realizados pela manhã, em frente ao Centro Administrativo Leopoldo Zschoerper, e a tarde, na Praça Leopoldo Rudnick, foram entregues os Ecopontos em parceria com as indústrias Condor e Oxford à comunidade.
Durante as solenidades de entrega dos Ecopontos e assinatura dos contratos para uso e exploração do Ecoponto, a comunidade presente, juntamente com os profissionais da equipe do Samae, imprensa e demais convidados puderam prestigiar a entrega de mais duas estruturas construídas em estrutura metálica com chapas de aço galvalume, e totalmente preparadas para receber materiais como óleo de cozinha, pilhas e baterias, eletrônicos, vidro, plástico, papel e papelão, embalagens longa vida e metais.
O presidente da CDL, Orlando Torinelli, elogiou a iniciativa da implantação dos Ecopontos pelo município. "Há muitos anos praticamos a separação de resíduos em casa, e os Ecopontos proporcional à comunidade que possa dar o correto destino à esses materiais", falou Orlando.
O diretor de operações das Indústrias Condor, Elzo Duda, demonstrou a satisfação da empresa em participar como parceira na implantação de um Ecoponto para o município. "A Condor é uma empresa que atua firmemente na destinação correta de materiais, e apoiar esta ação é uma grande alegria para nós", disse Elzo.
No bairro Oxford, o Superintendente da Oxford Porcelanas, Irineu Weihermann, elogiou o trabalho do Samae e da administração municipal e demonstrou apoio às ações realizadas. "Para nós, iniciativas deste tipo são muito válidas e sempre iremos apoiar. Não adianta pensarmos em arrumar o mundo se não arrumamos o nosso bairro, a nossa casa, e esse é o nosso pensamento", disse. 
Para o vereador Claudiomar Wotroba, presente na entrega do Ecoponto Condor, é elogiável a parceria com o Samae que vem se dedicando bastante a essa questão do meio ambiente. “Com essa parceria quem ganha é e São Bento do Sul”, concluiu.
O diretor-presidente do Samae, Fridolino Van Den Boom, prestou uma homenagem às indústrias Condor e Oxford que adotaram a ideia e proporcionaram estes Ecopontos à comunidade. “O projeto piloto do Ecoponto no ano de 2017 foi muito bem aceito pela comunidade, por isso estamos ampliando, pois a comunidade realmente abraçou a causa”, disse.Fridolino destacou que a equipe vem trabalhando muito neste projeto para se precaver com situações futuras. “Se continuarmos como hoje, simplesmente coletando os resíduos e levando para o aterro sanitário, o aterro não vai aguentar dois anos, por isso temos que trabalhar nessas ações para a destinação correta dos resíduos, assim poderemos garantir mais uns 5 anos do atual aterro, e paralelamente já trabalhar para a ampliação da área”, acrescentou. “Este não é um Ecoponto do Samae, não é da Prefeitura, é da comunidade”, completou.

O vice-prefeito Marcio Dreveck cumprimentou os representantes das empresas Condor e Oxford e agradeceu pela parceria e por acreditarem neste grande projeto do Samae.
Marcio parabenizou todos os envolvidos e especialmente a equipe do Samae que vem trabalhando neste projeto deste o início de 2017.
"Em nosso município existe muito material de qualidade que poderia beneficiar a cooperativa de catadores, mas acaba sendo levado diariamente para o aterro sanitário. Por isso os Ecopontos são de grande importância para a conscientização das pessoas, e para mudar esta realidade", disse Dreveck.
O prefeito Magno Bollmann destacou que o Samae é um grande parceiro nas questões ambientais do município, destacando ainda a importância da participação da comunidade através da cooperativa de catadores. O prefeito elogiou a iniciativa e a importância dos Ecopontos para que a comunidade tenha um espaço para a destinação correta de materiais recicláveis.
Magno ainda fez questão de comentar sobre dois grandes projetos que estão em tratativas, sendo a construção de um barracão no aterro sanitário para beneficiar a cooperativa de catadores e melhorar o trabalho dos cooperados com equipamentos como esteira, prensa, picador de plástico e picador de papel, além de um projeto pioneiro no estado para reaproveitamento de matéria orgânica com a industrialização destes resíduos para a produção de adubo orgânico.
Estiveram presentes ao evento também o vice-presidente da Fecomércio, Herton Scherer; Tenente Bruno Souza de Albuquerque, da 2a Companhia de Bombeiros Militares de São Bento do Sul; Senildo Linzmeyer, secretário parlamentar do deputado estadual Silvio Dreveck; presidente da Cooperativa de Catadores de São Bento do Sul, Sandra Alves de Lima Carvalho; representante da SBS Reciclagem Eletrônica, Cristiane Huebner; Osvalmir Tschöke, representando a ITFETEP; representante da Transresíduos, Gilberto Gugelmin; Coordenador da Região Litoral Norte da Defesa Civil do Estado de Santa Catarina, Osvaldo Gonçalves; e o coordenador da Região Norte Nordeste da Defesa Civil do Estado de Santa Catarina, Antonio Edival Pereira.

Joberth Krause – MTB 4280SC
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154 | 6361.6148

sexta-feira, 30 de março de 2018

Cooperativa de Catadores realiza confraternização de Páscoa

Cooperativa de Catadores realiza confraternização de Páscoa

DATA DE INCLUSÃO: 29/03/2018 16:15
"Foi um momento muito especial". Assim o prefeito interino Marcio Dreveck descreveu o almoço de confraternização realizado nesta quinta-feira Santa na sede da Cooperativa dos Catadores de São Bento do Sul.
"São poucas cidades que tem pessoas que se interessam em fazer o que vocês fazem aqui, e fazem muito bem feito", disse Marcio aos presentes.
A confraternização contou com a presença de todos os cooperados, do presidente do Samae, Fridolino Van Den Boom, Pedro Fuerst e Paulo Schwirkowski, também do Samae, além da presença do prefeito Magno Bollmann, que está em férias.
Durante as mensagens, Magno destacou que "é um milagre o que vocês fazem com que é jogado fora".




Joberth Krause – MTB 4280SC
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154 | 3631.6148

segunda-feira, 12 de março de 2018

CRONOGRAMA 2018 DO PROGRAMA SÃO BENTO SEMPRE LIMPA

1ª edição - 17/03/2017 bairros Brasília, Centenário, Vila São Paulo e Bela Aliança

2ª edição - 14/04/2017-  bairros Rio Vermelho Estação, Rio Vermelho Povoado, Rio Natal e Ano Bom

3ª edição - 19/05/2018 - bairros Cruzeiro, Oxford e Ponte dos Vieiras

4ª edição - 16/06/2018 - bairros Centro e Progresso 

5ª edição - 07/07/2018 - bairros Lençol e Alpino

6ª edição - 18/08/2018 - bairros Fundão, Mato Preto e Dona Francisca

7ª edição - 15/09/2017 - bairros Boehmerwald, Rio Negro e Colonial

8ª edição - 20/10/2018 - bairros 25 de Julho e Schramm

9ª edição - 10/11/2018 - bairros Serra Alta, Vila Pilz e Sertãozinho


Fonte: http://www.saobentodosul.sc.gov.br

São Bento Sempre Limpa será neste sábado (17)

São Bento Sempre Limpa será neste sábado (17)

DATA DE INCLUSÃO: 12/03/2018 11:09
Neste sábado (17) inicia o Programa São Bento Sempre Limpa. A ação será das 8h às 13 horas, nos bairros Brasília, Centenário, Vila São Paulo e Bela Aliança. Materiais como madeira, ferro, vidro, alumínio, metal, cobre, bronze, óleo de cozinha, garrafas, papéis, papelão, isopor, latas e plásticos podem ser deixados pelos moradores em frente às residências e comércios, que equipes percorrerão os locais para recolhimento.
Segundo o diretor da Defesa Civil, Amarildo de Jesus, após a coleta os itens são separados e destinados à Cooperativa dos Catadores de Material Reciclável. “É importante frisar que não serão recolhidos materiais de construção, lâmpadas e pilhas”, disse Amarildo. 
Quem preferir levar os materiais para descarte no ponto de concentração, este estará instalado na Cooperativa dos Catadores, na rua Inês Muller Pscheidt, s/n, no bairro Brasília. 
Programa-se: Neste ano o Programa São Bento Sempre Limpa terá nove edições. O cronograma segue com edições no dia 14 de abril nos bairros Rio Vermelho Estação, Rio Vermelho Povoado, Rio Natal e Ano Bom. No dia 19 de maio no Cruzeiro, Oxford e Ponte dos Vieiras. O Centro e o Progresso recebem a edição do dia 16 de junho. Já no dia 7 de julho é a vez do Lençol e Alpino. Fundão, Mato Preto e Dona Francisca são os bairros contemplados no dia 18 de agosto. No dia 15 de setembro nos bairros Boehmerwald, Rio Negro e Colonial. No dia 20 de outubro nos bairros 25 de Julho e Schramm. E, no dia 10 de novembro, nos bairros Serra Alta, Vila Pilz e Sertãozinho. 
O programa conta com o apoio e realização de: Defesa Civil, Samae, Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, Secretaria de Obras, Cooperativa dos Catadores de Material Reciclável e Transresíduos.
Viviane de Vargas Miranda
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

01/2018 - PRODUÇÃO/VENDA DA COOPERATIVA


Estudo para mudança na tarifa de lixo será realizado pelo Samae com a ARIS

Estudo para mudança na tarifa de lixo será realizado pelo Samae com a ARIS

DATA DE INCLUSÃO: 31/01/2018 11:16
Objetivando proporcionar uma melhor administração da coleta de lixo no município e ainda uma forma mais justa de cobrança da tarifa, é que foi realizada uma reunião em Florianópolis entre representantes do Samae e ARIS - Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento, na última sexta-feira (26).
Estiveram presentes à reunião o diretor presidente do Samae, Fridolino Van Den Boom, analista de saneamento do Samae, Marco Rodrigo Redlich, consultor jurídico do Samae, Milton Laske, diretor geral da ARIS, Adir Faccio, economista da ARIS, Ricardo Francisco Pitta, e consultor jurídico da ARIS, Magnus Caramori.
Conforme explanou Fridolino, "o grande objetivo desta reunião foi iniciar o planejamento para a realização de um estudo no município de São Bento do Sul para mudar a forma de cobrança da atual taxa de lixo, alterando sua forma de cobrança para tarifa, o que a tornará flexível, permitindo que classificações de cobrança sejam aplicadas, proporcionando uma forma mais justa de cobrança aos consumidores", disse.
Modelos de estudos de outros municípios como Jaraguá do Sul e São João Batista foram consultados para que se possa elaborar a melhor forma possível de cobrança. "Nós iremos estudar alguns modelos implantados, analisar os pontos positivos e os negativos, e assim promover o melhor modelo para aplicação aqui no município", destacou o analista de saneamento Marco Rodrigo Redlich.
A ideia é que até o mês de junho o estudo possa estar concluído para que as informações possam ser apresentadas à população, que deverá ser consultada através de audiências públicas.
Os consumidores inclusive serão entrevistados durante o estudo, para que se tenha uma visão atual sobre a forma de recolhimento do lixo no município, como por exemplo, se o número de vezes que o material é recolhido na semana está eficiente ou não.
Um dos grandes pontos debatidos e que incentivou a elaboração deste grande estudo, é o fato de consumidores residenciais pagarem atualmente a taxa de lixo no mesmo valor de grandes estabelecimentos comerciais.
"Temos que avaliar todas as situações neste estudo e trazer à comunidade uma solução que seja equilibrada e justa. Hoje uma residência que produz duas ou três sacolas de lixo por semana, por exemplo, paga o mesmo valor de taxa de lixo que um estabelecimento comercial que produz um caminhão de resíduos por dia, e esta comparação nos motivou a trabalhar neste estudo", disse Fridolino.

Joberth Krause – MTB 4280SC
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154

2017 - Venda de 'Latinhas' na COOPERCATSBS


2017 - Venda de 'Papelão' na COOPERCATSBS


segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Número recorde de materiais coletados no São Bento Sempre Limpa

Número recorde de materiais coletados no São Bento Sempre Limpa

DATA DE INCLUSÃO: 11/12/2017 14:55
O Programa São Bento Sempre Limpa encerrou neste mês com chave de ouro. A edição deste ano registrou um número recorde de materiais inservíveis coletados. Foram 144,1 toneladas de itens que, em sua maioria, seriam destinados incorretamente no meio ambiente. 
Segundo o coordenador da Defesa Civil, Amarildo de Jesus, o programa contou com 12 edições e o resultado positivo foi fruto do empenho das equipes. “No dia da ação, as equipes percorriam as ruas dos bairros marcados para recolher os itens deixados pelos moradores em frente às casas. Mas o trabalho não parava por aí.
Após o recolhimento, eles realizaram a separação e a destinação correta para cada material”, destacou.
Amarildo comenta ainda que, neste ano, o programa contou com uma novidade, a qual contribuiu para o resultado. “Neste ano, as localidades mais populosas como Serra Alta, Vila Pilz, Sertãozinho, Brasília, Centenário, Vila São Paulo, Bela Aliança, Cruzeiro, Oxford e Ponte dos Vieiras receberam duas edições do programa”, disse. 
Além destas, o programa contemplou ainda os bairros Rio Vermelho Estação, Rio Vermelho Povoado, Rio Natal, Ano Bom, Centro, Progresso, Lençol, Alpino, 25 de Julho, Schramm, Fundão, Mato Preto, Dona Francisca, Boehmerwald, Rio Negro e Colonial. 
O programa conta com o apoio e realização de: Defesa Civil, Samae, Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, Secretaria de Obras, Cooperativa dos Catadores de Material Reciclável, SBS Reciclagem Eletrônica e Transresíduos.
Coletas - Na edição realizada em abril, nas localidades de Rio Vermelho Estação, Rio Vermelho Povoado, Rio Natal e Ano Bom foram recolhidas 14 toneladas de materiais. Nos bairros Brasília, Centenário, Vila São Paulo e Bela Aliança (abril) 11 toneladas; Serra Alta, Vila Pilz e Sertãozinho (maio) 13,7 toneladas; Cruzeiro, Oxford e Ponte dos Vieiras (maio) 12 toneladas; Centro e Progresso (junho) 12,3 toneladas; Lençol e Alpino (julho) 13 toneladas; 25 de Julho e Schramm (julho) 14 toneladas; Mato Preto, Fundão e Dona Francisca (agosto) 12 toneladas; Rio Negro, Colonial e Bohemerwald (setembro) 10 toneladas; Brasília, Centenário, Vila São Paulo e Bela Aliança (outubro) 7 toneladas; Serra Alta, Vila Pilz e Sertãozinho (novembro) 9,1 toneladas; e Cruzeiro, Oxford e Ponte dos Vieiras (dezembro) 16 toneladas.
Viviane de Vargas Miranda
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Cruzeiro, Oxford e Ponte dos Vieiras recebem a última edição do São Bento Sempre Limpa

Cruzeiro, Oxford e Ponte dos Vieiras recebem a última edição do São Bento Sempre Limpa

DATA DE INCLUSÃO: 29/11/2017 09:42
Neste sábado (2), das 8 às 13 horas, ocorre a última edição do ano do Programa São Bento Sempre Limpa. Os bairros contemplados serão Cruzeiro, Oxford e a localidade de Ponte dos Vieiras. Moradores que possuem materiais inservíveis poderão deixar os itens em frente às residências e comércios, que equipes percorrerão os locais para o recolhimento. 
Entre os materiais recolhidos durante a ação estão: madeira, ferro, vidro, alumínio, metal, cobre, bronze, óleo de cozinha, garrafas, papel, papelões, isopor, latas e plásticos. Quem preferir deixar os itens no ponto de concentração, este será instalado na Estrada Cruzeiro – primeira entrada à direita após o Supermercado Novo Dia. 
Edições - Neste ano, 12 edições do Programa São Bento Sempre Limpa foram realizadas, contemplando as localidades do Rio Vermelho Estação, Rio Vermelho Povoado, Rio Natal, Ano Bom, Brasília, Centenário, Vila São Paulo, Bela Aliança, Serra Alta, Vila Pilz, Sertãozinho, Cruzeiro, Oxford, Ponte dos Vieiras, Centro, Progresso, Lençol, Alpino, 25 de Julho, Schramm, Fundão, Mato Preto, Dona Francisca, Boehmerwald, Rio Negro e Colonial.
Os bairros mais populosos receberam duas edições do programa no ano. Até o momento, foram recolhidas 128 toneladas de materiais inservíveis. 
O programa conta com o apoio e realização de: Defesa Civil, Samae, Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, Secretaria de Obras, Cooperativa dos Catadores de Material Reciclável, SBS Reciclagem Eletrônica e Transresíduos.
Viviane de Vargas Miranda
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Lixo é a principal causa de entupimento da rede de esgoto

Lixo é a principal causa de entupimento da rede de esgoto

DATA DE INCLUSÃO: 14/11/2017 16:11
O Samae tem registrado um aumento no número de ligações à autarquia, relatando o entupimento da rede de esgoto. Quando isso ocorre, uma equipe se dirige ao local com o caminhão de hidrojateamento para solucionar o problema. Mas, quando o serviço inicia é constatado que o entupimento, na maioria das vezes, é ocasionado por material impróprio depositado na rede pelos próprios moradores. 
Segundo o diretor presidente do Samae, Fridolino Van Den Boom, os principais vilões dos entupimentos de tubulações e extravasamentos de esgoto são lixo, óleo de cozinha e água de chuva. “Estes materiais não devem ser descartados na rede coletora. Quando são, causam entupimentos e rompimentos de rede, provocando o retorno do esgoto para dentro dos imóveis ou extravasamentos nas ruas”, disse. 
Um dos casos registrados com maior frequência pela autarquia está no fato de moradores jogarem lixo comum na rede coletora de esgoto e materiais como cigarros, plásticos, cabelo, fraldas, absorventes e preservativos nos vasos sanitários. “Os maiores problemas de operação do sistema de esgoto são provocados pelas pessoas que deixam entrar na tubulação coisas que nunca deveriam estar lá”, comenta Fridolino. 
Para o bom funcionamento da rede de esgoto, a orientação é para que cada imóvel tenha sua caixa de gordura e que os responsáveis façam manutenção e limpeza periódica para evitar transtornos. 
O Samae solicita a conscientização da população. “Recebemos denúncia de moradores que viram vizinhos levantando a tampa de ferro dos poços de visita para jogarem lixo dentro da rede coletora. Para isso, temos a coleta convencional e a seletiva”, lamenta Fridolino. 
Os horários das coletas realizadas pela Transresíduos são: 
Coleta convencional
Segundas, quartas e sextas-feiras nos bairros Alpino, Lençol, Schramm, 25 de Julho, Rio Negro, Colonial, Boehmerwald, Rio Vermelho Povoado, Rio Vermelho Estação, Centro, Cruzeiro e Oxford.
Terças e quintas-feiras e sábados: Serra Alta, Mato Preto, Dona Francisca, Industrial Sudoeste, Brasília, Bela Aliança, Centro, Progresso e Centenário.
Coleta seletiva  
Segundas-feiras: Rio Vermelho Povoado, Rio Vermelho Estação, Centro e Brasília.
Terças-feiras: Boehmerwald, Oxford, Cruzeiro, Alpino e Lençol (até a Rua Castelo Branco).
Quartas-feiras: Mato Preto, Dona Francisca, Bela Aliança, Centenário e Progresso.
Quintas-feiras: Colonial, 25 de Julho e Schramm.
“Caso a equipe da Transresíduos não passe no local, pedimos que as pessoas liguem para o Samae, pois a autarquia faz o controle dos atendimentos. O número do telefone é o 3631-3900”, comenta Fridolino. 
Ações preventivas 
O Samae realiza, periodicamente, vistorias nas redes coletoras de esgoto. Em caso de entupimento, o material é retirado e, com o caminhão hidrojateador, injetam água com pressão para limpar e desobstruir o local e impedir que o esgoto transborde na rua ou até mesmo retorne para dentro dos imóveis.
Além disso, a equipe vistoria imóveis para identificar onde o esgoto está sendo lançado e se não há irregularidade na ligação.
Fique atento  
Deve ir para a rede de esgoto: água de banho e descarga; água de lavatórios, como pia de cozinha, banheiro, tanque; ralos de escoamento de banheiros, cozinha, área de serviço; água de máquinas de lavar roupas e louças; água utilizada por quaisquer outros equipamentos geradores de esgotos domésticos.
Não deve ir para a rede de esgoto: água da chuva (água canalizada das calhas); papeis e panos; restos de comida; óleo de cozinha; cigarros; plásticos; cabelo; fraldas, absorventes e preservativos; outros objetos que possam entupir o encanamento.

Viviane de Vargas Miranda
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Edição do São Bento Sempre Limpa é transferida para 18 de novembro

Edição do São Bento Sempre Limpa é transferida para 18 de novembro

DATA DE INCLUSÃO: 06/11/2017 15:06
A edição do Programa São Bento Sempre Limpa programada para este sábado (11), nos bairros Serra Alta, Vila Pilz e Sertãozinho, foi transferida para o dia 18 de novembro. A ação ocorrerá das 8 às 13 horas.
Neste dia, equipes percorrerão residências e comércios para o recolhimento de materiais como madeira, ferro, vidro, alumínio, metal, cobre, bronze, óleo de cozinha, garrafas, papéis, papelão, isopor, latas e plásticos. Os itens são destinados à coleta seletiva.
Viviane de Vargas Miranda
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Quanto custa o lixo coletado em frente à sua casa


Taxa de Lixo 2017
Passagens
2017 parc
Total 2017
15% Agrup.
20% A Vista
1R$ 5,66R$ 67,91R$ 4,81R$ 54,33
2R$ 11,31R$ 135,66R$ 9,61R$ 108,53
3R$ 16,92R$ 203,08R$ 14,38R$ 162,46
4R$ 22,62R$ 271,48R$ 19,23R$ 217,18
5 ou maisR$ 30,21R$ 362,55R$ 25,68R$ 290,04
Reajuste de  7,17% cfe. IGP-M
ENTENDA A(s) TABELA(s):

"Passagens" , na tabela, são o número de vezes por semana que a coleta convencional passa em frente à residência, conforme o Bairro. 
"parc", na tabela, é o preço mensal, de acordo com a quantidade de vezes por semana que a coleta convencional passa em frente à residência, conforme o Bairro.
"Total", na tabela, é o preço anual, de acordo com a quantidade de vezes por semana que a coleta convencional passa em frente à residência, conforme o Bairro.
"15% Agrup", na tabela, é preço mensal, calculado com desconto de 15% concedido para quem opta por recolher a Taxa de Coleta de Lixo junto da Fatura de Água.

"20% a vista", na tabela, é o preço anual para quem opta por recolher a Taxa de Coleta de Lixo em parcela única.


Legislação: 
Decreto 1.150/2016 - Atualiza valores da Taxa de Coleta de Lixo
Lei 2.952/2011 - Altera Lei nº 140/1997 e dá outras providências
Lei 140/1997, art. 260 - a Taxa de Coleta de Lixo no Código Tributário do Município


Anos anteriores:
Taxa de Lixo 2016
Passagens
2016 parc
Total 2016
15% Agrup.
20% A Vista
1R$ 5,28R$ 63,37R$ 4,49R$ 50,70
2R$ 10,55R$ 126,58R$ 8,97R$ 101,26
3R$ 15,79R$ 189,49R$ 13,42R$ 151,59
4R$ 21,11R$ 253,32R$ 17,94R$ 202,66
5 ou maisR$ 28,19R$ 338,29R$ 23,96R$ 270,63
Reajuste de 10,54% cfe. IGP-M
Passagens2015 parcTotal 201515% Agrup.20% A Vista
1R$ 4,78R$ 57,33R$ 4,06R$ 45,86
2R$ 9,54R$ 114,51R$ 8,11R$ 91,61
3R$ 14,28R$ 171,42R$ 12,14R$ 137,14
4R$ 19,10R$ 229,17R$ 16,23R$ 183,34
5 ou maisR$ 25,50R$ 306,03R$ 21,68R$ 244,82
Reajuste de 3,69% cfe. IGP-M
Tabelas: copiadas do site do SAMAE São Bento do Sul: http://www.samaesbs.sc.gov.br

Legislação: https://leismunicipais.com.br